Polícia apreende pacote-bomba endereçado a Sarkozy

Outro recipiente explodiu em uma companhia de entregas na capital grega.

A polícia da Grécia afirmou nesta segunda-feira (1) ter interceptado um pacote-bomba endereçado ao presidente francês Nicolas Sarkozy, após a explosão de outro na companhia de entregas "Seiss Mail", que deixou uma funcionária ferida sem gravidade em Atenas.

"Um dos dispositivos explosivos que os suspeitos carregavam estava endereçado ao presidente da França, Nicolas Sarkozy", afirmou um porta-voz da polícia local à agência de notícias Reuters. Delegações estrangeiras estão no país durante esta semana.

Outros recipientes seguiriam às embaixadas da Bélgica e Holanda. Segundo a emissora "Antena TV", a explosão na Swiss Mail aconteceu às 12h40 no horário local (8h40 em Brasília), a cerca de dois quilômetros de distância da Embaixada do México. Os pacotes restantes foram detonados pelas autoridades.

"Não há ligações dos ataques à Al Qaeda, nós ainda estamos investigando", disse o porta-voz, confirmando a prisão de dois homens suspeitos de integrar um grupo conhecido como "Conspiração Núcleos de Fogo".

O Consulado do Chile, em Salônica, ao norte da Grécia já teria sido alvo de atentados ligados a este grupo. Os indivíduos carregavam duas armas e coletes à prova de balas.

Fonte: g1, www.g1.com.br