Polícia da Suíça apreende tela atribuída a Leonardo da Vinci desaparecida há séculos

A obra, que estava desaparecida havia séculos, recentemente foi vendida por centenas de milhões de euros.

Policiais da Suíça apreenderam uma pintura atribuída ao mestre italiano Leonardo da Vinci, de um "valor inestimável", a pedido da polícia italiana. O "Ritratto di Isabella d'Este", retrato de uma mulher que teria pertencido à nobreza da época do Renascimento, é avaliado em 95 millhões de euros (US$ 107 milhões).

A polícia financeira de Pesaro, no centro-leste do país, e os agentes especializados no roubo de obras de arte de Ancona, no centro-leste, anunciaram a apreensão da obra. A tela, que estava desaparecida havia séculos, recentemente foi vendida por centenas de milhões de euros.

Um promotor encarregado da investigação, Manfredi Palumbo, deverá dar uma coletiva de imprensa em Pesaro. A Itália, que possui um dos patrimônios artístico mais importantes do mundo, é muitas vezes alvo de traficantes de obras de arte.

Mais de 5 mil obras de arte, datando da antiguidade romana, foram recentemente recuperadas pelos carabinieri após a maior operação desse tipo já realizada no país.

 

Fonte: G1