Fotos do atirador de um grande banco de Paris são divulgadas pela Polícia

Informação de que suspeito teria sido preso ainda não foi confirmada.


Polícia divulga fotos de suposto atirador de Paris

Em busca de ajuda da população, a polícia francesa divulgou nesta terça-feira fotos do rosto de um homem que está foragido depois de ter disparado contra as sedes de um jornal e de um grande banco em Paris na segunda, informa a agência Reuters.

Mais cedo, a agência EFE, citando o jornal Le Parisien, informou que a polícia francesa deteve o suspeito nesta terça-feira. O atirador teria sido detido no Distrito 7 de Paris, segundo o jornal. A informação não foi confirmada.

O homem, armado com uma espingarda e usando óculos escuros, um gorro bege e um colete vermelho - em uma das fotos tiradas por câmeras de vigilância do trânsito -, ainda não foi identificado, após um chamado público por testemunhas, disse uma fonte da polícia.

Em incidentes que alarmaram a capital francesa, o atirador entrou atirando na segunda-feira na sede do jornal de esquerda Libération, feriu gravemente um assistente de fotografia de 23 anos, e depois fugiu.

Mais tarde, ele atirou pelo menos três vezes contra o saguão da sede do banco Société Générale no distrito comercial de La Défense, situado 10 quilômetros a oeste do centro da cidade, de acordo com o promotor François Molins. Um vidro ficou estilhaçado, mas não houve feridos.

Na sequência, o atirador sumiu na multidão perto da avenida Champs-Elysees, depois de forçar um motorista, sob a ameaça da arma, a levá-lo até lá.

O atirador não assumiu a autoria dos atentados nem deu nenhuma indicação do motivo. Segundo a polícia, os investigadores estão seguindo 120 de 400 pistas recebidas da população.

Molins disse que o suspeito tinha cabelo grisalho, fisionomia europeia, entre 35 e 45 anos, e de 1,70m a 1,80m de altura. O mesmo homem, com roupa diferente, é suspeito de ter ameaçado pessoas com uma arma na sexta-feira.

Fonte: Terra