Polícia diz que suspeito de ataques tem opiniões hostis

Polícia considera suspeito um ‘islamofóbico’

A polícia norueguesa identificou como um norueguês de 32 anos com ?opiniões hostis ao islã? o suposto autor do duplo atentado de sexta-feira (22) em Oslo e em uma ilha vizinha à capital, que causou pelo menos 91 mortos.

O suspeito, detido após o massacre na ilha e identificado pela imprensa local como Anders Behring Breivik, agiu sozinho, segundo as investigações policiais em curso.

Em uma busca em seu domicílio após os ataques, a polícia encontrou várias mensagens postadas na internet com conteúdo ultradireitista e anti-islã, segundo informou a polícia à cadeia pública ?NRK?. Com base nas evidências, a polícia o considera um ?islamofóbico?.

Durante a madrugada deste sábado, a polícia apresentou o cálculo de 84 mortos na ilha de Utoeya, onde centenas de jovens de entre 14 e 17 anos participavam de um acampamento da juventude social-democrata, o partido do primeiro-ministro, Jens Stoltenberg. Em Oslo, a explosão matou sete pessoas.

As autoridades da Noruega informaram também que o número de vítimas não é definitivo e pode aumentar, pois há feridos em estado grave e pessoas desaparecidas. Equipes de emergência e policiais vasculham as águas de Utoeya à procura de possíveis mortos.

Fonte: G1