Polícia procura suspeito de cortar nádegas de 9 mulheres nos EUA

Ele atacava as vítimas com canivetes em shoppings de Fairfax, na Virgínia.

A polícia do condado de Fairfax, no estado americano da Virgínia, está procurando um homem suspeito de ter cortado com canivete as nádegas de pelo menos nove mulheres desde ferereiro.



O homem, de 40 anos, foi identificado como Johnny D. Guillén Pimentel, supostamente peruano. Ele atacou entre janeiro e julho passado pelo menos nove mulheres, todas elas jovens, enquanto passeavam por shoppings da cidade.

Os detetives obtiveram autorização para prendê-lo no último dia 7 de setembro, mas acreditam que Pimentel possa ter se mudado para outra região ou mesmo mudado de estado.

De acordo com a imprensa do Peru, o homem conhecido como "corta-nádegas" tem nacionalidade peruana e sofreria de parafilia, um padrão de comportamento sexual no qual, em geral, a fonte predominante de prazer não está no ato sexual, mas em alguma outra atividade.

Fonte: G1