Policial que estava no massacre na Noruega não foi encontrado

Policial que estava no massacre na Noruega não foi encontrado

Segundo chefe da polícia, policial estaria em ilha onde 86 foram mortos.

Um policial que deveria estar na ilha de Utoeya, palco do massacre de 86 jovens na sexta em Oslo, na Noruega, não foi encontrado ainda, disse durante entrevista neste domingo (24) o chefe da polícia norueguesa, Sveinung Sponheim.

"Deveria haver um policial lá", disse o policial, afirmando que não está claro onde estaria o membro da polícia. Os policiais demoraram cerca de uma hora para chegar ao local, a cerca de 40 km de Oslo.

Um especialista da polícia inglesa está ajudando na investigação do duplo ataque que deixou ao menos 93 mortos na sexta, disse o chefe da polícia.

"Nós recebemos a ajuda dum especialista em técnicas criminais da Polícia Metropolitana de Londres", disse o chefe da polícia norueguesa, Sveinung Sponheim, durante entrevista coletiva. Segundo ele, a polícia no país também está enviando informações pela Interpol, a polícia internacional.

Anders Behring Breivik, o autor presumível dos atentados comparecerá nesta segunda-feira a um tribunal de justiça, que deverá decidir sobre sua prisão preventiva, informou o delegado Sveinung Sponheim.

Fonte: G1