Polonês de 111 anos de idade é o homem mais velho do mundo

Polonês de 111 anos de idade é o homem mais velho do mundo

Conheça um pouco da história deste supercentenário que continua com a mente lúcida apesar da idade avançada

Você gostaria de viver por muitos e muitos anos, até ficar bem velhinho e ter um monte de histórias interessantes para contar? Imagine, então, como não deve ser o repertório de experiências e anedotas do homem mais velho do mundo!

De acordo com o The New York Times, Alexander Imich, um imigrante polonês residente nos EUA, já passou dos 111 anos e se tornou o homem mais velho do mundo ? de que se tem notícia ? depois que o italiano Arturo Licata faleceu em abril, aos 111 anos e 357 dias de vida! Lúcido e de mente naturalmente curiosa, ao receber a notícia sobre o novo ?título?, Imich simplesmente respondeu que a honraria não era nenhum Prêmio Nobel não.

Aliás, o polonês também revelou que nem tinha parado para pensar sobre o assunto e garantiu que jamais havia imaginado que chegaria a ser tão velho um dia. No entanto, em fevereiro deste ano, Imich completou incríveis 111 anos e, recentemente, recebeu alguns amigos para comer bolo de chocolate e soprar três velinhas indicando sua idade ? ainda bem! Já pensou se o pobre velhinho tivesse que soprar 111 delas?

Trajetória

Ao longo de sua vida, Imich viu o avião ser inventado, presenciou os enfrentamentos dos poloneses contra os bolcheviques, escapou do Holocausto e sobreviveu ao Gulag soviético. Imich ainda tentou fazer parte da marinha polonesa durante a guerra ? mas foi desencorajado por ser judeu ?, resolveu se tornar um zoologista, viajou por países exóticos e acabou se dedicando à química.

O supercentenário inclusive conta com um doutorado no currículo ? da Universidade Jagiellonian, localizada em Cracóvia ? e, depois de se mudar para os EUA, aprendeu a mexer no computador e até publicou um famoso livro sobre parapsicologia. Imich se casou duas vezes, mas nunca teve filhos, e seu parente vivo mais próximo é um jovemsobrinho de 84 anos de idade.

Longevidade

O polonês acredita que um dos fatores que contribuíram para a sua incrível longevidade possa ser o fato de nunca ter tido filhos, assim como a boa genética e à rotina de exercícios físicos, que incluíam a corrida e a natação. Além disso, Imich diz que sua dieta sempre foi equilibrada e sem exageros, que nunca bebeu e que deixou de fumar há muito tempo, mas seu principal segredo talvez seja sua mente sempre curiosa.

No entanto, apesar da idade, Imich não é a pessoa mais velha do planeta. Segundo oGRG ? Grupo de Pesquisas sobre Gerontologia ?, as mulheres levam a melhor quando o assunto é despistar a ?Dona Morte?. Na lista de supercentenários, ou seja, de pessoas que passaram dos 110 anos, existem 67 senhoras com mais idade do que o polonês, e a mais velha de todas elas, a japonesa Misao Okawa, vive no Japão e tem 116 aninhos.

Fonte: Ascom