Portugal preside comitê de sanções ONU contra Líbia

O Conselho de Segurança da ONU impôs em 26 de fevereiro um embargo de armas contra a Líbia

O Conselho de Segurança da ONU atribuirá na terça-feira a Portugal a presidência do comitê de sanções contra a Líbia, que terá sua primeira reunião nos próximos dias. O embaixador de Portugal nas Nações Unidas, José Moraes Cabral, será nomeado presidente do comitê na terça-feira e iniciará conversações no dia seguinte sobre a composição da comissão, segundo fontes diplomáticas.

"O nome dele foi um consenso. Mas há certa urgência agora em consequência dos acontecimentos. Assim devemos organizar o mais rápido possível a primeira reunião, que acontecerá em poucos dias", disse um diplomata, que pediu anonimato, à AFP.

O Conselho de Segurança da ONU impôs em 26 de fevereiro um embargo de armas contra a Líbia, a proibição de viagens e o congelamento dos bens de Muamar Kadhafi, assim como uma investigação por crimes contra a humanidade após a violenta repressão dos manifestantes pelo regime líbio.

Fonte: Terra, www.terra.com.br