Preso chinês é pego após realizar 1ª fuga em 20 anos no Japão

A polícia encontrou Li Guolin nas proximidades de uma escola da cidade.


A polícia japonesa capturou nesta sexta-feira um prisioneiro chinês que provocou uma verdadeira caçada nacional após fugir, só de cueca, de uma prisão em Hiroshima na quarta-feira, a primeira fuga de uma penitenciária japonesa em mais de duas décadas, informou a agência AP.

A polícia encontrou Li Guolin, que cumpre pena de 23 anos de prisão por tentativa de assassinato, nas proximidades de uma escola da cidade. Após a captura, a televisão pública NHK interrompeu sua programação normal para mostrar ao vivo o fugitivo sendo escoltado pela polícia, segundo a AP.

Ele vestia uma jaqueta e um bonê enterrado no rosto, o que levou a polícia a suspeitar que ele roubou roupas após deixar a prisão. Li fugiu da prisão na quarta-feira após escapar de uma sessão de exercícios ao ar livre e escalar dois muros.

Segundo a mídia japonesa, Li pulou primeiro um muro interno da penitenciária e depois utilizou um andaime para superar outro muro externo de 5 m de altura que estava sendo reformado. Os sensores deste segundo estavam desligados por causa dos reparos.

De acordo com uma fonte do Ministério da Justiça japonês citada pela AP, esta foi a primeira fuga de uma prisão japonesa desde 1989. Cerca de 800 policiais ajudaram na operação de caçada ao fugitivo.

O chinês foi condenado em 2005 por atirar contra um policial e roubar um carro da polícia. Acredita-se que ele era líder de uma gangue de ladrões. Ele foi enviado para a penitenciária de Hiroshima em 2008

Fonte: Terra