Presos fazem greve de fome e costuram os lábios no Quirguistão

Presos fazem greve de fome e costuram os lábios no Quirguistão

As autoridades afirmam que a revolta de prisioneiros foi motivada pelo crime organizado.

Em um protesto contra suas condições de detenção, três mil presos lançaram uma greve de fome nas prisões do Quirguistão, e pelo menos 640 deles costuraram os lábios, informou o mediador da República, Tursunbek Akun.

As autoridades afirmam que a revolta de prisioneiros foi motivada pelo crime organizado depois do lançamento de uma "operação mãos limpas" nas prisões do Quirguistão em 16 de janeiro, após o homicídio de um chefe de máfia.

Fonte: G1