Príncipe Harry diz que odeia o Twitter, mas reconhece sua utilidade

Herdeiro da coroa britância criticou invasão de privacidade da rede social. em 2012, imagens de Harry nu foram divulgadas na internet.

O príncipe Harry declarou nesta segunda-feira (21) que odeia a rede social Twitter durante um encontro com estudantes para promover nas redes sociais os "Invictus Games", uma competição esportiva para soldados feridos, informou nesta terça-feira (22) a imprensa britânica.


Príncipe Harry diz que odeia o Twitter, mas reconhece sua utilidade

"É difícil tuitar sobre os jogos ou sobre algo que significa muito para mim, quando na verdade odeio o Twitter por sua invasão da privacidade. Acredito que vocês sabem ao que me refiro", explicou o príncipe britânico durante uma visita a uma escola de Londres.

Fotos privadas do príncipe Harry, quarto na linha de sucessão ao trono britânico, já se tornaram virais em diversas ocasiões.

Em 2012, imagens divulgadas na internet mostravam Harry nu durante uma partida de strip-poker em Las Vegas (Estados Unidos). Os usuários do Twitter também tiveram acesso a fotografias do príncipe com sua ex-namorada Cressida Bonas.

Embora reticente em utilizar pessoalmente esta rede social, o príncipe Harry encorajou os jovens a usar qualquer forma de comunicação para promover os jogos internacionais "Invictus Games" - uma competição internacional de soldados feridos, com deficiências ou doentes.

"Tentem fazer o maior barulho e provocar o maior entusiasmo possível sobre esta competição", declarou Harry, que, no entanto, reconheceu que gostava de tuitar sobre os assuntos que o interessam.

Fonte: G1