Professor espanhol mata irmão a marteladas, esquarteja o corpo e guarda membros no freezer

Professor espanhol mata irmão a marteladas, esquarteja o corpo e guarda membros no freezer

Homem disse que cometeu o crime porque não aguentava mais morar com a vítima

Um professor espanhol matou seu irmão mais novo a marteladas, cortou o corpo e escondeu as partes em um freezer porque não aguentava mais viver com ele.

O homem, de 38 anos, se entregou à polícia no dia 30 de setembro e confessou que cometeu o crime em sua casa no município de Palma de Maiorca, na Espanha.

Em seu testemunho, o professor contou que matou o irmão, de 32 anos, após passar um ano de ?tormenta? vivendo na mesma casa que ele.

Os dois estavam brigando constantemente nos últimos 12 meses, ainda segundo o espanhol, mas foi somente no final do mês de setembro que as brigas começaram a sair do controle.

De acordo com informações do jornal americano New York Daily News, o irmão mais novo foi o primeiro a pegar o martelo e tentar atingir o professor, que conseguiu tomar a arma logo em seguida.

Então, ?[o professor] pegou o martelo e acertou vários golpes mortais na cabeça [da vítima]?, dizia um relatório divulgado pela polícia.

Quando foram investigar a casa onde os irmãos moravam, a polícia encontrou o freezer da geladeira cheio de ossos e pedaços do corpo.

O freezer e os restos mortais foram levados ao Instituto de Medicina Legal, onde uma autópsia será realizada.

Fonte: r7