Professor universitário é preso após usar caneta espiã para filmar alunas

Homem gravou imagens clandestinamente em quatro ocasiões no último ano.

Um professor universitário alegou que estava filmando secretamente sob as roupas de duas de suas alunas. Segundo ele, o motivo que o levou a realizar o fato era provar que ambas não usavam roupas de baixo, o que, para ele, seria considerado comportamento inadequado.


Professor universitário é preso após usar

Don Samuelson, de 65 anos, acabou condenado a três anos de prisão em regime condicional. Ele ainda teve que pagar multa de US$ 672 (cerca de R$ 1606).

O professor da Universidade do Colégio de Medicina Veterinária da Universidade da Flórida usava uma caneta ?espiã? para filmar clandestinamente as estudantes. Segundo a polícia, as gravações foram feitas em quatro ocasiões distintas no ano passado.

O caso só foi descoberto após uma das vítimas perceber que estava sendo filmada. Ela chamou as autoridades, que mais tarde descobriram a trama do professor.

O homem alegou que tentava ?reunir provas? para mostrar que uma das jovens ?não estava usando roupas de baixo? em sala de aula, o que ele ?considerava? inapropriado.

Fonte: Tech Mestre