Professora é presa por praticar sexo em escola com aluno de 16 anos

Além dos encontros na própria escola, eles teriam saído por mais de 30 vezes

Nesta segunda-feira, 20, foi presa uma ex-professora de Educação Física,  sob acusação de prática de sexo com um aluno de 16 anos, por mais de 30 vezes. A pena definida pela Corte de Staten Island foi de quatro anos a cada encontro que Megan Mahoney, de 24 anos, realizou com o menino.  As informações são do The Huffington Post e Daily Mail.

Mahoney foi liberada sob fiança, mas responde às acusações. Ela teria encontrado o mesmo aluno entre outubro passado e janeiro deste ano e, de acordo com o adolescente, que não foi identificado; segundo ele, teriam feito sexo no carro da professora e até mesmo na escola católica Moore High.

A educadora física, que era auxiliar técnica da equipe de basquete feminino no colégio, teria pedido demissão em janeiro deste ano – quando já encontrava o aluno – por ter sido flagrada com ele pela ex-namorada do jovem em uma pizzaria.

Richard Postiglione, diretor de esportes do Moore, também foi investigado por supostamente deixar de relatar as acusações de abuso sexual contra Mahoney e outra professora na escola.

 

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no Facebook

Fonte: Terra