Papa viajará com muçulmano e rabino argentinos à Jerusalém

Papa viajará com muçulmano e rabino argentinos à Jerusalém

Pela primeira vez, delegação incluirá representantes de outras religiões. Diálogo inter-religioso será grande temática da visita.

Um rabino e um professor muçulmano, ambos argentinos, acompanharão o papa em sua viagem a Amã, Belém e Jerusalém, de 24 a 26 de maio, anunciou o Vaticano neste sábado (3).

O rabino de Buenos Aires, Abraham Skorka, velho amigo do papa Jorge Mario Bergoglio, e Omar Abbud, presidente do Instituto do Diálogo Inter-Religioso da capital argentina, acompanharão o pontífice em sua primeira viagem à Terra Santa.

Será a primeira vez na história das viagens papais que a delegação incluirá dignitários e outras religiões, e espera-se que a mesma gere reações de interesse nos mundos muçulmano e judeu.

Se o aspecto ecumênico da aproximação entre igrejas cristãs e, frequentemente, rivais instaladas na Terra Santa dominará a viagem, o diálogo inter-religioso será outra grande temática, numa região em que os cristãos se tornaram uma pequena minoria.

A viagem de três dias do Papa argentino tem 15 discursos e visitas agendados, e provoca expectativa.

Fonte: G1