Rapaz escuta amiga ser assassinada pelo marido ao vivo em videochamada no iPad

Rapaz escuta amiga ser assassinada pelo marido ao vivo em videochamada no iPad

Kristen Pulisciano, de 38 anos, levou 34 facadas do marido, Christopher Piantedosi, na Inglaterra

Um rapaz foi testemunha de um assassinato graças ao recurso FaceTime do iPad. Kristen Pulisciano, de 38 anos, levou 34 facadas do marido, Christopher Piantedosi, no dia 3 de maio, na Inglaterra. O assassino, porém, não sabia que havia testemunhas: a filha do casal, de 15 anos, e seu amigo, que ouviu tudo por uma videochamada.

A jovem estava conversando no iPad com um amigo, em seu quarto, quando ouviu uma discussão entre o casal. Ela disse ao colega, pelo FaceTime, que já voltava. No entanto, a ligação pelo iPad continuou e acabou sendo fundamental para a análise do caso feita pelas autoridades.

De acordo com os procuradores, o rapaz que estava do outro lado da linha conseguiu ouvir a vítima dizendo ?Por favor, por favor?, a colega dando berros de ?Não, não? e o assassino falando ?Você tem que morrer, tem que morrer?. A mulher teria ainda dito que amava o marido, mas nem isso foi capaz de impedi-lo.

Os dois filhos do casal, a jovem que estava no iPad e um outro rapaz, de 20 anos, saíram correndo da casa e espalhando o que havia acontecido pela vizinhança. Quando a polícia chegou ao local do crime, Pulisciano já estava morta. Piantedosi, que havia fugido, foi encontrado em um posto de gasolina pouco tempo depois e acabou se entregando.

Fonte: Tech Tudo