Região australiana quer abater 10 mil cavalos para evitar "desastre natural"  e impacto no ecossistema

Região australiana quer abater 10 mil cavalos para evitar "desastre natural" e impacto no ecossistema

Segundo funcionários do governo, cavalos, burros e camelos estão morrendo por falta de água e comida no deserto

O governo da Austrália Central, região do Território do Norte, anunciou nesta quarta-feira (22), que pretende abater cerca de 10 mil cavalos selvagens para evitar um "desastre natural".

Segundo funcionários do governo, cavalos, burros e camelos estão morrendo por falta de água e comida no deserto. Eles alegam que o abate deve ser realizado por "razões humanitárias e ambientais".

Os defensores do abate dizem que os corpos dos animais - que estão morrendo de fome e sede - estão poluindo a água da região e impactando no ecossistema.


Região australiana quer abater 10 mil cavalos para evitar

Região australiana quer abater 10 mil cavalos para evitar

Região australiana quer abater 10 mil cavalos para evitar

Região australiana quer abater 10 mil cavalos para evitar

Fonte: Terra