Relacionado à obesidade, cientistas descobrem gene da fome

Pesquisadores da Universidade de Cambridge encontraram gene KSR2

Se você é daquelas pessoas que está sempre com fome, não consegue fazer dieta e muito menos perder peso, talvez os cientistas possam ter descoberto a razão disso tudo. De acordo com o site inglês Daily Mail, pesquisadores da Universidade de Cambridge descobriram o gene da fome pode ser umas das razões pelas quais algumas pessoas são obesas e outras não.

O estudo aponta que o gene pode ser o responsável pelo apetite insaciável e pelo metabolismo lento de algumas pessoas. Depois de observarem 2.101 pacientes com obesidade severa, eles encontraram mutações no gene KSR2. "Apesar de alimentação regrada e exercícios físicos serem determinantes, algumas pessoas ganham peso muito mais fácil que outras e, esta variação, é muito influenciada por fatores genéticos", diz Dr. Sadaf Farooqi, responsável pela pesquisa.

A descoberta poderá ajudar a tratar a obesidade infantil de maneira mais fácil, além de auxiliar na formação de novos medicamentos e em pesquisas de diabetes tipo 2. Os cientistas descobriram também que a metformina, remédio muto usado no tratamento contra a diabetes, corrige os baixos níveis de oxidação de ácido nas células com o gene KSR2, o que sugere que este pode ser um tratamento eficaz no futuro.

Há alguns anos, outro gene também foi descoberto e ligado aos problemas de peso. Segundo outra pesquisa, pessoas que possuem o FTO têm maiores dificuldade em se sentirem satisfeitas, além de mais vontade em consumir doces e alimentos gordurosos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br