Resgate dos mineiros pode ocorrer em outubro

Perfuração está indo mais rápido que o previsto, dizem autoridades.

Os trabalhos de resgate dos 33 mineiros presos há quase 50 dias no Chile serão concluídos em outubro por causa do avanço mais rápido em uma das perfurações, informaram autoridades e especialistas nesta terça-feira (21).

O maior otimismo na operação de resgate dos operários, presos a cerca de 700 metros de profundidade na região norte do país, surgiu depois que uma máquina perfuradora de petróleo da estatal ENAP atravessou na segunda-feira cerca de 23 metros em apenas quatro horas.

No entanto, o serviço foi interrompido para o reforço do trajeto antes de dar prosseguimento à perfuração, disseram especialistas.



"Quando perfurarmos os primeiros 200 metros aí estarei em condições de dizer mais ou menos o tempo estimado", disse Juan Carlos Marin, um trabalhador argentino da empresa responsável pelas perfurações da máquina petroleira.

"Tomara, tomara que se for assim em sete dias terminamos, não?", acrescentou, ao ser consultado sobre o ritmo de trabalho conseguido em quatro horas.

O governo, que originalmente estimava a conclusão do resgate em novembro, está "esperançoso" de que os trabalhos sejam concluídos antes do previsto, disse o presidente chileno, Sebastián Piñera.

Em uma das operações de resgate subterrâneo mais complexas já realizadas, foram cavados sucessivamente buracos mais largos, usando três perfuradoras para alcançar os mineiros. Eles se refugiaram em um túnel após um desabamento no dia 5 de agosto.

Fontes do governo disseram ao jornal "El Mercurio" que as novas estimativas confirmam que a perfuração dos planos B e C deve chegar à etapa final em no máximo 15 dias. A esse prazo seriam somados outros 3 a 4 dias para proteger os dutos pelos quais serão tirados os mineiros.

Os mineiros, que estão em boas condições de saúde, recebem diariamente alimentos energéticos para aumentar sua força.

Fonte: g1, www.g1.com.br