Russa é presa por matar bebês e escondê-los em frigorífico de mercado

Durante o interrogatório, a mulher explicou que deu à luz em 2008.

Uma mulher russa, suspeita de matar seus gêmeos recém-nascidos e de ter escondido seus corpos durante cinco anos no frigorífico do supermercado em que trabalhava, foi presa nesta quinta-feira, indicou a polícia russa.

Esta mulher, 30 anos, foi presa na região de Sverdlovsk (Urais), após a descoberta dos corpos de dois bebês no frigorífico do mercado central de Verkhnyaya Pychma, cerca de 1.600 km a leste de Moscou.

Segundo um comunicado do comitê de investigação regional, os bebês provavelmente morreram de frio.

Durante o interrogatório, a mulher explicou que deu à luz em 2008. Os gêmeos, dois meninos, foram primeiramente deixados em sua varanda, porque ela não os queria.

Ela, então, os colocou em sua própria geladeira antes de levá-los para o frigorífero do supermercado onde trabalhava na época.

Os corpos foram encontrados na terça-feira por funcionários do mercado que verificavam o conteúdo do local.

Fonte: Terra