Sequestradores libertam grupo de 15 crianças

Menores estavam em poder dos bandidos desde a última segunda-feira (27)

As 15 crianças sequestradas na última segunda-feira (27) em Abia, no sudeste da Nigéria, foram libertadas ilesas nesta sexta-feira (1º), informou aos jornalistas o porta-voz da polícia, Emmanuel Ojukwu.

Ojukwu afirmou que os estudantes, todos menores de dez anos, estão em bom estado de saúde, mas não deu detalhes sobre a libertação e não confirmou se houve pagamento de resgate.

Os pistoleiros que sequestraram os menores em um ônibus escolar reivindicaram no mesmo dia da captura o pagamento de cerca de R$ 225 mil (US$ 133 mil).

Após a libertação, as 15 crianças foram levadas à sede do governo da cidade de Umuahia, capital do Estado de Abia, onde serão entregues aos pais.

Uma fonte militar disse à agência de notícias Efe que unidades das forças especiais nigerianas foram enviadas à região para colaborar na busca das crianças, depois que o presidente, Goodluck Jonathan, ordenou aos serviços de segurança que fizessem "tudo o que fosse o possível".

O sequestro aconteceu na manhã da última segunda-feira, quando um grupo de homens armados não identificados bloqueou com um veículo a passagem do ônibus escolar dos menores, que estavam a caminho da escola. Desde então, os colégios, lojas e bancos da localidade de Aba, a principal cidade comercial de Abia, permaneceram fechados por temor de assaltos ou sequestros.

A libertação acontece no dia em que a Nigéria celebra o cinquentenário de sua independência, meio século no qual o país, apesar sua riqueza natural, não conseguiu união, e segue perturbado pela violência e ameaçado pela desigualdade e pelas tensões étnicas, sociais e religiosas.

Fonte: R7, www.r7.com