Sete pessoas sequestradas são encontradas decapitadas; veja

Os sequestros de afegãos ou estrangeiros, frequentes no Afeganistão, geralmente são de autoria dos talibãs.

Sete dos 28 especialistas em desarmamento de bombas afegãos de uma ONG especializada sequestrados em 6 de julho passado na província de Farah (oeste do Afeganistão) foram decapitados e seus corpos recuperados neste domingo, anunciou o subchefe da polícia local. Os corpos foram encontrados pela polícia e os chefes das tribos locais. Os especialistas foram capturados na quarta-feira em um distrito onde os talibãs insurgentes são ativos, mas o sequestro não foi reivindicado.

"Sete dos especialistas em desaramento de bombas foram decapitados. Nós encontramos o corpo de um deles. Os chefes das tribos estão com os outros", informou Mohamad Ghaws Malyar, acrescentando ainda é desconhecido o destino dos outros 21 reféns. Os 28 especialistas trabalhavam para uma agência de caridade que se dedica a retirar as minas no Afeganistão (Demining Agency for Afghanistan), cuja sede se encontra na província de Kandahar (sul).

Os sequestros de afegãos ou estrangeiros, frequentes no Afeganistão, geralmente são de autoria dos talibãs, que levam adiante uma mortífera insurreição desde que foram expulsos do poder por uma coalizão internacional, no final de 2001.

Fonte: Terra