Síria faz entrega de programa para destruição de arsenal químico; veja

O plano geral de destruição foi submetido ao Conselho Executivo da Organização

Haia ? A Organização para a Interdição de Armas Químicas informou hoje (27) que recebeu, dentro do prazo, o programa de destruição do arsenal químico solicitado à Síria, que, na quinta-feira (24), submeteu à entidade a declaração inicial sobre o armamamento. O prazo terminava neste domingo.

A declaração síria ?permite estabelecer o plano para uma destruição sistemática, integral, e proceder à verificação integral de armas químicas declaradas, bem como de instalações de produção e armazenamento?, acrescenta o comunicado da organização, que tem sede em Haia, na Holanda.

O plano geral de destruição foi submetido ao Conselho Executivo da Organização para a Interdição de Armas Químicas, entidade responsável pela supervisão do programa de destruição do arsenal químico sírio, na sequência de uma resolução das Nações Unidas (ONU). A Resolução 2.118 ordena a destruição das armas químicas sírias até meados do ano que vem.

O conselho executivo da organização vai usar a declaração ?inicial? de Damasco para fixar, até o dia 15 de novembro, as diferentes datas para destruição do arsenal químico. O governo sírio já elaborou um inventário dos locais de produção e armazenamento de suas armas químicas, que estão sendo investigados por especialistas da ONU e da Organização para a Interdição de Armas Químicas.

Fonte: Agência Brasil