Snowden divulga mensagem de Natal e faz apelo à privacidade

Snowden divulga mensagem de Natal e faz apelo à privacidade

Em um vídeo curto, de apenas 1 minuto e 43 segundos, postado no site da emissora Channel 4, dos Estados Unidos.

Edward Snowden provavelmente foi uma das personalidades do ano e, como tal, decidiu falar com seus fãs, seguidores e apoiadores neste fim de ano. Diretamente da Rússia, o ex-consultor da CIA que vazou os segredos da NSA, desejou um feliz Natal a todos, sem deixar de fazer um apelo pela privacidade.

Em um vídeo curto, de apenas 1 minuto e 43 segundos, postado no site da emissora Channel 4, dos Estados Unidos. Em seu comunicado, ele relembra que neste ano foi descoberto que governos do mundo inteiro, principalmente nos EUA, criaram um sistema de vigilância massiva e global, capaz de observar os passos e ações da maioria dos cidadãos do mundo.

"Uma criança nascida hoje não terá nenhuma concepção do que é privacidade. Ela não saberá o que significa ter um momento privado para elas, um pensamento não-gravado e não-analisado. E isso é um problema, porque privacidade é importante. É o que permite que nós determinemos quem somos e quem queremos ser", cita ele de forma quase filosófica.

Ele lembra o livro 1984, de George Orwell, para explicar o problema deste tipo de informação. Ele aponta que as tecnologias da obra, como microfones, câmeras e TVs que assistem às pessoas, e não o contrário, nada são perto dos sensores que ficam no bolso das pessoas atualmente e as rastreiam onde quer que vão.

Por fim, ele cita que as discussões modernas servem para determinar o quanto de confiança é possível colocar na tecnologia que envolve a todos e o governo que as regula. "Acabem com a vigilância em massa. E relembre aos governos que se eles realmente quiserem saber o que sentimos, perguntar é sempre mais barato do que espionar", conclui.

Fonte: UOL