Acidente em plataforma de petróleo russa deixa 16 mortos

Os trabalhos de resgate foram dificultados pelo vento e pelas ondas de quatro metros


Sobe para 16 número de mortos em plataforma de petróleo russa

Os corpos de 16 funcionários de uma plataforma que afundou no domingo (18) foram encontrados nesta segunda-feira (19) no Mar de Ojotsk, no extremo oriente russo. Ao todo, 14 foram resgatadas com vida. Buscas prosseguem para encontrar 37 trabalhadores desaparecidos.

"Dezesseis corpos foram encontrados desde o início das operações de resgate", afirmou um comunicado da agência estatal para navegação fluvial e marítima.

A plataforma Kolskoye, na qual 67 pessoas trabalhavam, estava a 200 km da margem quando ocorreu o acidente, às 12h45 de domingo, devido aos fortes ventos, e a uma temperatura de -17°C.

A plataforma, arrastada por um rebocador e um barco quebra-gelo, era deslocada da península de Kamchatka em direção à ilha de Sakhalin no momento do naufrágio.

Os trabalhos de resgate foram dificultados pelo vento e pelas ondas de quatro metros. Quatorze marinheiros foram resgatados e dois deles foram hospitalizados em estado muito grave.

Nesta segunda-feira, uma embarcação com 15 pessoas foi avistada nas proximidades da ilha Sakhalin (extremo oriente).

"Um avião localizou um bote de salvamento com 15 pessoas. Mas não sabemos se estão vivas ou mortas", declarou o diretor da empresa pública que administra a plataforma (AMNGR), Yuri Melijov.

Fonte: g1, www.g1.com.br