Aumenta para 208 o  número de mortos em  terremoto na China

Aumenta para 208 o número de mortos em terremoto na China

O tremor foi sentido por moradores de províncias vizinhas e na capital da província de Chengdu

Subiu para 208 o número de mortos no terremoto que atingiu uma área remota, principalmente rural e montanhosa da província de Sichuan, no sudoeste da China, no sábado e os esforços para recuperação da região estão sendo redobrados, segundo informaram oficiais do governo chinês neste domingo. Cerca de 11,2 mil pessoas ficaram feridas com o terremoto e 24 pessoas continuam desaparecidas.

O terremoto ocorreu no condado de Lushan, perto da cidade de Ya"an e o epicentro teve uma profundidade de 12 quilômetros, afirmou o Serviço Geológico dos EUA.

O tremor foi sentido por moradores de províncias vizinhas e na capital da província de Chengdu, fazendo com que muitas pessoas saíssem correndo dos prédios.

Ya"an é uma cidade de 1,5 milhão de pessoas e é considerada um dos berços da cultura do chá chinês. É também o lar de um dos principais centros da China para proteger o panda gigante.

Este foi o maior abalo sísmico na China desde 12 de maio de 2008, quando um tremor de magnitude 8.0 deixou 87 mil mortos e 375 mil feridos na cidade de Wenchuan.

Fonte: OGlobo