Sonda pousa na Lua neste sábado e faz da China o 3º país em solo lunar

A missão da sonda foi saudada com expressões de orgulho por internautas chineses e pelo governo de Pequim

A primeira sonda lunar chinesa deve pousar neste sábado no satélite natural. Foram menos de três semanas depois do lançamento do equipamento e, quando descer, fará da China o terceiro país a enviar uma sonda à Lua, depois da União Soviética e dos Estados Unidos.​

A espaçonave Chang"e-3 - nome da deusa da Lua segundo a mitologia chinesa, liberará a sonda Yutu (Coelho de Jade), animal de estimação da deusa. O objetivo é explorar a superfície e buscar recursos naturais no satélite.

A missão da sonda foi saudada com expressões de orgulho por internautas chineses e pelo governo de Pequim, que quer capitalizar a excitação despertada pela façanha, que vende réplicas da Coelho de Jade feitas em zinco e prata.

A Yutu tem seis rodas, quatro câmeras e dois braços mecânicos que conseguem cavar até 30 metros para retirar amostras do solo. Movida a energia solar, o equipamento vai explorar a estrutura da superfície lunar por pelo menos três meses.

Fonte: Terra