Suicida mata oito pessoas em mercado no Afeganistão

Entre as vítimas de ataque reivindicado pelo Taleban estão três estrangeiros

Um ataque suicida contra um supermercado popular entre estrangeiros deixou pelo menos oito mortos nesta sexta-feira em pleno centro da capital do Afeganistão, Cabul, disseram autoridades. O homem-bomba abriu fogo dentro da loja antes de detonar seus explosivos, segundo a polícia e testemunhas.

Afegãos e estrangeiros, incluindo duas mulheres e uma criança, estão entre os mortos. A milícia islâmica do Taleban afirmou à rede BBC que realizou o ataque. A explosão deixou a loja Finest, localizada perto da embaixada britânica, em chamas. O supermercado fica perto de um posto de controle policial e, assim como outras muitas lojas da capital afegã, tinha sua segurança feita por guardas armados.

A explosão em Wazir Akbar Khan, área frequentada por estrangeiros e afegãos de classe alta, espalhou destroços pela rua.

"Reivindicamos a responsabilidade pelo ataque, que foi lançado no momento em que estrangeiros faziam compras, incluindo o chefe de segurança da companhia", disse o porta-voz do Taleban Zabiullah Mujahid para a agência Reuters.

Um "círculo de aço" erguido ao redor da capital antes das eleições parlamentares de setembro fracassou em impedir os ataques dos militantes.

No início deste mês em Cabul, um ataque de um suicida em uma moto deixou quatro mortos em um ônibus que levava forças de segurança.

A violência no país está no seu pior nível desde a queda do governo Taleban, após a invasão do país por uma coalizão liderada pelos EUA, em 2001. As forças americanas planejam começar a se retirar do Afeganistão em meados deste ano.





Fonte: IG