Sumida, jovem escapa de cativeiro após 2 anos de agressões e estupros

Jovem de 17 anos foi à polícia e pediu resgate para seu filho com agressor


Sumida, jovem escapa de cativeiro após dois anos  de agressões e estupros

Uma adolescente de 17 anos que estava desaparecida há mais de dois anos escapou nesta semana do cativeiro onde era mantida por um homem de 24 anos em Illinois, nos Estados Unidos. No período, ela foi agredida, estuprada, ficou grávida e teve um bebê do sequestrador, segundo o jornal britânico ?Daily Mail?.

O sumiço da adolescente foi reportado em 6 de abril de 2010 em St. Louis, no estado americano do Missouri. Na época, ela tinha 15 anos.

A menina conseguiu escapar esta semana da casa onde era mantida presa e procurou a polícia, dizendo que seu filho continuava no local.

Uma equipe da Swat, grupo de elite da polícia americana, foi até casa na tarde desta quinta-feira (23) e conseguiu resgatar a criança e prender o homem de 24 anos.

Segundo a polícia, há indícios de que a mãe do homem havia ajudado o filho a cometer os crimes. Ela também foi detida. Um adolescente de 16 anos que estava na casa e vestia um uniforme escolar foi retirado do local. Ele e a criança foram entregues ao serviço social.

Sequestro

A adolescente contou à polícia que, durante o sequestro, ela era agredida e estuprada praticamente todos os dias. Ainda não se sabe como ela foi rendida inicialmente.

A jovem contou ter tentado escapar diversas vezes, mas que seu agressor a perseguia e a forçava a voltar para casa sob a mira de uma arma.

Ela também contou à polícia que foi forçada pelo homem e pela mãe dele a fornecer dados falsos ao serviço médico durante a gravidez e quando a criança nasceu.

Vizinhos disseram à imprensa local que já haviam visto a garota algumas vezes, mas que nada apontava algo estranho.

Fonte: G1