"Surfe" em cima de  tubarão morto choca e revolta ambientalistas

"Surfe" em cima de tubarão morto choca e revolta ambientalistas

As autoridades ambientais da Nova Zelândia informaram que estão investigando o caso

Um vídeo de um homem "surfando" em cima de um tubarão morto na Baía de Plenty, na Nova Zelândia, deixou os ambientalistas revoltados, que consideraram a ação ofensiva e desrespeitosa com o animal. As imagens foram postadas no Facebook, na semana passada ,e logo começaram os protestos. O "surfista" Eddie Bithell se defende:

- Nós não fomos desrespeitosos com animais mortos. Somos contra qualquer tipo de abate de animais que não precisam ser mortos - disse o rapaz.

Mark Collins, amigo de Bithell, fez a filmagem e postou no Facebook. Ele contou que o tubarão estava morto há cerca de 30 horas quando foi rebocado pelo barco amarrado pelo rabo:

- As pessoas acham que nós saímos para matar o tubarão e que ele foi torturado enquanto estava vivo. E isso não é exatamente o que aconteceu.

As autoridades ambientais da Nova Zelândia informaram que estão investigando o caso. A zoóloga Catherine Cassidy questionou as regras em vigor em clubes de pesca, que permitem este tipo de ação no mar que, segundo ela, foi "uma atitude desrespeitosa e chocante".

- Nós vemos pessoas que trabalham duro no mundo todo para estabelecer santuários de tubarões. E então vemos atos como este, em um país considerado desenvolvido. É desolador e ofensivo.



Fonte: Extra