Suspeito de ataques em Paris é identificado por dedo após explosão

Ele era francês, 29 anos e com passagem pela polícia

Um pedaço de dedo permitiu que a polícia francesa identificasse um dos autores dos ataques mataram pelo menos 129 e feriram 350 em Paris. Omar Ismail Mostefai tem 29 anos e é cidadão francês de origem argelina. Seis pessoas próximas a ele foram presas.

Image title


Um pedaço de seu dedo foi localizado na casa de shows Le Bataclan, onde 80 pessoas morreram. Os investigadores teriam usado suas impressões digitais para chegar a sua identidade.

Assim como os outros seis homens que teriam participado dos atentados de acordo com autoridades francesas, Mostefai morreu em um atentado suicida.

Ele era da cidade de Courcouronnes, que fica a 25 km ao sul de Paris. Ele morava na vizinha Chartres até 2012, de acordo com o vice-prefeito Jean-Pierre Gorges.

O suspeito frequentava a mesquita de Luce, perto de Chartres.

Mostefai tinha um histórico de crimes leves, mas nunca havia sido preso. Os serviços de segurança consideram que ele se radicalizou em 2010, mas ele nunca foi implicado em uma investigação de contraterrorismo.

O pai dele, irmão e cunhada estão entres as seis pessoas ligadas a ele que teriam sido detidas pela polícia.

"É louco, uma loucura. Eu estava em Paris na noite passada (sexta), eu vi a bagunça que foi", disse o irmão mais velho de Mostefai à agência de notícias AFP antes de ser detido.

Ele disse que não tinha contato com seu irmão há vários anos por causa de uma disputa na família mas que estava surpreso de saber que ele havia se radicalizado.

O irmão disse que Mostefai era um dos seis irmãos da família e que havia viajado para a Argélia com sua família e sua filha.

Fonte: Com informações do MSN