Suspeito de massacre na França afirma que se entregará a polícia

Suspeito de massacre na França afirma que se entregará a polícia

O funeral das quatro crianças mortas pelo atirador na escola judaica de Toulouse está acontecendo na manhã de hoje.

O suspeito do massacre de Toulouse, cercado por forças especiais da polícia, afirmou que se entregará à tarde, informou nesta quarta-feira (21) o ministro francês do Interior, Claude Guéant. Uma operação da RAID, a unidade de elite da polícia francesa, cercou por volta de 3h locais (22h de terça-feira, em Brasília) em Croix-Daurade, um bairro de Toulouse, o suposto atirador, identificado como Mohammed Merah, 24. Houve um primeiro tiroteio no qual dois agentes ficaram levemente feridos.

O funeral das quatro crianças mortas pelo atirador na escola judaica de Toulouse (sudoeste da França) está acontecendo na manhã de hoje, em um cemitério de Jerusalém, na presença de mais de 2.000 pessoas, incluindo o chefe da diplomacia francesa, Alain Juppé. O homem também é o principal suspeito de matar três soldados na semana passada.

Guéant confirmou que o suspeito é um jovem de nacionalidade francesa e origem argelina, que mora em Toulouse. Ele viajou ao Paquistão, teria sido detido no Afeganistão no fim de 2010 por crimes comuns e assegura pertencer à Al Qaeda. "Repete seu compromisso com a Al Qaeda e com meios jihadistas", informou o ministro, que diz que o homem afirma agir "para vingar as crianças palestinas e denunciar a presença estrangeira no Afeganistão".

O irmão do homem que está cercado, também suspeito de pertencer à mesma organização islamita, foi detido, ainda segundo o ministro Guéant, que está em Toulouse para acompanhar a operação. A mãe dos suspeitos foi chamada para ajudar na negociação, mas se recusou a falar com o filho. Então voltaram a ser ouvidos disparos.

O atirador jogou uma arma pela janela da casa em troca de um "aparelho de comunicação", disse Gueant. Ele ainda tem uma metralhadora Uzi, um fuzil Kalashnikov e outras armas, afirmou o ministro.

Fonte: UOL