Suspeito de sequestrar Madeleine McCann já morreu, afirma jornal

Suspeito de sequestrar Madeleine McCann já morreu, afirma jornal

Segundo informações do jornal Correio da Manhã, o raptor foi um ex-funcionário do Ocean Club, na Praia da Luz, que morreu em um acidente de trator.

A Polícia Judiciária (PJ) portuguesa tem fortes indicios para acreditar que o suspeito de sequestrar a menina inglesa Madeleine McCann - desaparecida desde maio de 2007 - está morto. Segundo informações do jornal Correio da Manhã, o raptor foi um ex-funcionário do Ocean Club, na Praia da Luz, que morreu em um acidente de trator, em 2009. A viúva do possível sequestrador já foi ouvida pela PJ, que agora tenta descobrir o local onde ele escondeu o cadáver da menina.

Investigadores acreditam ter identificado o homem, de 40 anos, como principal suspeito, após testes em seu telefone celular, que mostraram que ele esteve perto apartamento dos McCann, no dia em que filha dos ingleses desapareceu. Ele era um ex-empregado do complexo Ocean Club, na Praia da Luz. Acredita-se que ele tenha sequestrado Madeleine como uma represália, após ser demitido.

Ainda de acordo com o jornal português, o suspeito, cujo nome não foi divulgado, estava morando em um flat, na cidade de Lagos, a cerca de 15 minutos do resort. Oficiais já interrogaram a viúva do suspeito para descobrir os últimos passos dele e onde ele teria escondido o corpo de Madeleine.

?As suspeitas da polícia sobre o ex-funcionário da Ocean Club surgiu durante a análise do caso, realizada por uma equipe da PJ da cidade do Porto. Este foi a mais forte pista apresentada ao Ministério Público do Estado e permitiu que o processo fosse agora reaberto. O homem nunca tinha surgido na lista de funcionários do Ocean Club, uma vez que já não trabalhava no local?, aponta a pulbicação.

O jornal descreveu ainda a reação do suspeito à sua demissão como ?rebelde? e acrescentou: ?Os motivos que poderiam ter levado o ex-empregado a sequestrar a menina ainda estão sendo investigados. O suspeito teria levado a criança antes cometer um crime sexual e, depois, matá -la. Mas ele também poderia ter cometido o sequestro como uma forma de retaliação contra o Ocean Club. Seu objetivo teria sido por em cheque a segurança do clube de férias, mas algo deu errado e a jovem desapareceu?.

Promotores portuguesas ordenaram a reabertura das investigações sobre o desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann alegando que surgiram novas pistas sobre o caso. A decisão foi tomada depois que a polícia britânica iniciou em julho uma investigação própria, por acreditar que a menina pudesse estar viva.

Madeleine desapareceu de seu quarto na Praia da Luz, durante as férias da família em Algarve, Portugal, em 3 de maio de 2007, enquanto seus pais jantavam com amigos em um restaurante próximo. O caso repercutiu na mídia do mundo inteiro.

Fonte: Extra