Tempestades e tornados deixam mais de 230 mortos nos EUA

Tempestades e tornados deixam mais de 230 mortos nos EUA

Também há mortos no Mississippi (32), na Geórgia (11), no Tennessee (1) e na Virgínia (1). Autoridades e imprensa temem que o número de vítimas cresça

O número de mortos pelas tempestades e tornados da quarta-feira nos EUA subiu para 230, informaram as autoridades nesta quinta (28). Há mortos em seis estados.

A situação mais grave é do Alabama, com 131 mortos. O governador disse que o estado sofreu uma "destruição maciça de propriedades".

Robert Bentley disse que o número de mortes deve crescer. Ele declarou estado de "grande emergência" e pediu ajuda federal para lidar com as consequências do desastre.

Além do Alabama, também há mortos no Mississippi (32), no Tennessee (19), na Geórgia (13), na Virgínia (8) e no Kentucky (1).

Autoridades e imprensa temem que o número de vítimas cresça.

As autoridades declararam estado de emergência em sete estados: Alabama, Arkansas, Kentucky, Mississippi, Missouri, Tennessee e Oklahoma.

Em todos eles, os governadores convocaram a Guarda Nacional para ajudar nas operações de resgate e limpeza.

De um total de 50 estados, 21 foram afetados por temporais, em uma região que vai dos Grandes Lagos, no extremo norte do país, até o Golfo do México, no sul.

O Serviço Meteorológico Nacional (NWS) indicou que mais de 300 tornados já haviam sido registrados desde sexta-feira passada, sendo mais de 130 na quarta.

O presidente Barack Obama ordenou que o governo ?aja rapidamente? no Alabama.















Fonte: g1, www.g1.com.br