Temporada de tornados já matou pelo menos 31 pessoas nos EUA

Indiana, Kentucky e Ohio são as principais regiões atingidas.

O número de mortos por causa da série de tornados que atingiu o centro dos Estados Unidos nesta sexta-feira (2), chegou a 31, segundo a Associated Press. Os estados de Indiana, Kentucky e Ohio foram os mais atingidos.







As tempestades ocorrem no momento em que a população se recupera de outra série de tornados, que matou 13 pessoas no início da semana.

O Serviço Meteorológico Nacional recebeu 269 informes de tornados, em sete estados dos EUA, até às 10h (horário local). Durante o mês de fevereiro, o número de chamadas foi de 189.

O prefeito de Marysville, na fronteira entre Indiana e Tennessee, revelou que a cidade "foi riscada do mapa".

"Esta é uma situação particularmente perigosa", advertiu o serviço meteorológico nacional.

"É possível que haja tornados destrutivos, granizo de até 6,4 centímentros, rajadas de ventos de até 112 km por hora e relâmpagos perigosos".

A maioria dos tornados desta sexta-feira ocorreu no condado de Madison, Alabama, onde casas foram destruídas, automóveis, virados, e linhas de energia e árvores, derrubadas.

Em Kentucky, a polícia da Guarda Nacional e do Estado ainda não conseguiu precisar o número de desaparecidos. Em Indiana, diversas estradas municipais que ligam comunidades rurais desapareceram.

Esta última onda de tornados surge quando a população se recupera dos estragos deixados em seis estados por tornados na terça e quarta-feira.

A cidade de Harrisburg, em Illinois, foi a mais atingida por um grande tornado que devastou uma ampla área na quarta-feira, deixando seis mortos e mais de 100 feridos.

Em 2011, os tornados mataram 545 pessoas nos Estados Unidos, no que foi a temporada mais mortífera destes fenômenos desde 1936.

Fonte: G1