Terra volta a tremer no Chile; toque de recolher é reduzido

Abalo sísmico deste domingo foi registrado à 1h47 e alcançou 5 graus na escala Richter

Um tremor de 5 graus na escala Richter sacudiu hoje a região central do Chile, em uma nova réplica do terremoto de 8,8 graus que devastou o centro-sul do país em 27 de fevereiro.

O abalo sísmico deste domingo foi registrado à 1h47 (mesmo horário de Brasília). O Serviço de Geologia dos Estados Unidos localizou o epicentro do tremor 15 quilômetros abaixo do mar, a oeste do porto de Valparaíso. Já o Escritório Nacional de Emergência (Onemi) destacou que não houve vítimas nem danos materiais.

Na província de Concepción (sul), uma das mais afetadas pelo terremoto da semana retrasada, boa parte dos serviços básicos já foi restabelecida, a tranquilidade volta aos poucos e autoridades reduziram a duração do toque de recolher.

A circulação pelas ruas agora é permitida das 10h às 21h. A intenção é que as pessoas retomem pouco a pouco suas atividades, disse hoje à "Rádio Cooperativa" o governante de Bío-bío, Jaime Tohá.

Segundo Tohá, devido à situação de calma, é possível que já amanhã o toque de recolher seja suspenso em algumas cidades da região, como Chillán e Los Angeles.

Por outro lado, fontes judiciais disseram que mais de 100 pessoas foram detidas em Concepción e em localidades vizinhas por seu envolvimento nos saques ocorridos nos dias posteriores ao terremoto de 27 de fevereiro.

Todos estão detidos preventivamente, disseram as fontes, que acrescentaram que, muitas vezes, foram os próprios vizinhos que denunciaram os vândalos.

Fonte: UOL