Terror: Quatro homens-bomba atacam delegacia na capital afegã

Um segundo homem-bomba foi morto pela polícia antes de conseguir entrar na delegacia.

Quatro homens-bomba atacaram neste sábado uma delegacia de polícia em Cabul, capital do Afeganistão. Um dos terroristas continua dentro do prédio em confronto com as forças de segurança afegãs, segundo um porta-voz do Ministério do Interior.

"Um homem-bomba se explodiu no portão para abrir caminho para os outros entrarem", disse o porta-voz Sediq Sediqqi.

Sediqqi disse que não há vítimas, mas a agência de notícias Associated Press, que cita policiais, diz que dois agentes morreram.

Um segundo homem-bomba foi morto pela polícia antes de conseguir entrar na delegacia. Dentro do prédio, a polícia matou o terceiro terrorista, mas o quarto continua no local e combate a polícia pelo controle do local.

Do lado de fora da delegacia, policiais fortemente armados carregaram um colega ferido em uma pick up e aceleraram para um hospital. Outros agentes permaneceram e abriram fogo contra o prédio.

"Houve três explosões. Nós não sabemos o que está acontecendo lá dentro", disse uma testemunha, Abdul Wahed.

Outra testemunha, Mohammed Honayon, 32, disse que os terroristas estavam usando uniformes de militares afegãos e abriram fogo ao entrar na delegacia.

Este foi o segundo ataque a bomba na capital Cabul nas últimas semanas. Em 21 de maio, um homem-bomba matou seis e feriu 23 em um hospital militar.

Apesar da presença de 150 mil militares estrangeiros no país, a violência atingiu seu pior nível desde a invasão americana em 2001 para derrubar o governo do Taleban.

Fonte: Folha.com