Terrorismo: Atentados no Iraque deixam 47 mortos e 160 feridos

Terrorismo: Atentados no Iraque deixam 47 mortos e 160 feridos

Na mesma cidade, 14 pessoas ficaram feridas em duas explosões e prédios do governo foram evacuados após ameaças

Vários atentados deixaram ao menos 47 mortos e 160 feridos na manhã desta segunda-feira no Iraque, em uma das mais graves ondas de violência em semanas, no momento em que o Exército americano negocia a manutenção de um contingente depois da retirada do fim de 2011.

No início da manhã a violência atingiu as cidades de Kut, Tikrit, Bagdá, Najaf, Baaquba, Kirkuk, Ramadi, Kerbala, Khan Beni Saad e Balad.

No ataque mais violento, um duplo atentado deixou 34 mortos e 64 feridos em Kut, 160 km ao sudeste de Bagdá.

As duas explosões aconteceram às 8h locais (2h de Brasília) em uma área muito movimentada do centro de Kut, uma cidade de 400.000 habitantes, segundo a polícia. Um carro-bomba e uma bomba deixada à margem da estrada foram detonados de forma quase simultânea.

O presidente do Parlamento iraquiano, Iyad al Usama al Nujaifi, condenou os "ataques criminosos que aconteceram em um certo número de províncias e provocaram a morte e ferimentos de dezenas de pessoas inocentes".

Ataques também aconteceram em outras cidades: dois homens-bomba detonaram explosivos durante a madrugada no departamento antiterrorista de Tikrit, cidade do ex-presidente Saddam Hussein (160 km ao norte de Bagdá) e mataram três policiais. Sete pessoas ficaram feridas.

Quatro soldados morreram no centro de Baaquba (60 km ao norte de Bagdá) quando homens armados abriram fogo contra um posto de controle.

Na mesma cidade, 14 pessoas ficaram feridas em duas explosões e prédios do governo foram evacuados após ameaças.

Em Kerbala (110 km ao sul de Bagdá), um carro-bomba deixou dois mortos e nove feridos na zona leste da cidade. Em Kirkuk (norte), um civil morreu e 14 ficaram feridos em várias explosões.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br