Traficante mexicano preso no Brasil vai ser extraditado para os Estados Unidos

O mexicano estava no País acompanhado da mulher e dois filhos.


Traficante mexicano preso no Brasil vai ser extraditado para os Estados Unidos

Lista vermelha da InterpolO traficante mexicano, identificado como José Diaz-Barajas, preso no Rio de Janeiro na última segunda-feira (16), aguarda extradição para os Estados Unidos, onde é procurado por tráfico internacional de drogas. Ele está preso no presídio Ary Franco, no Rio de Janeiro.

O mexicano estava no País acompanhado da mulher e dois filhos. Segundo a Polícia Federal, ele estava prestes a embarcar para Fortaleza, onde iria assistir a partida entre Brasil e Mexicano.

O mexicano é um dos traficantes mais procurados pela DEA, a agência anti-drogas norte-americana, por tráfico de metanfetamina. A Justiça dos Estados Unidos tem até 90 dias para pedir ao governo brasileiro a extradição do narcotraficante. Se não for pedida a deportação até esse prazo, o mexicano será liberado.

Segundo a polícia, ele utilizava os documentos originais e não portava drogas. O homem, de 49 anos, chegou ao Brasil no dia 11 deste mês, um dia antes da abertura da Copa, por Foz de Iguaçu (PR), "via terrestre, procedente da Argentina".

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, decretou a prisão preventiva do traficante, e tiveram início as buscas. Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da PF no Rio localizaram o traficante hospedado num hotel na zona sul do Rio, com a mulher e dois filhos, de 29 e 17 anos.

Ele foi preso ao tentar embarcar no voo JJ 3254 para Fortaleza, das 23h50, no aeroporto Tom Jobim.

Fonte: r7