Turista alemã tem o braço arrancado depois de ataque de Tubarão no Havaí

Uma turista alemã perdeu o braço ao ser atacada por um tubarão em uma praia no Havaí, na quarta-feira (14).

Uma turista alemã perdeu o braço ao ser atacada por um tubarão em uma praia no Havaí, na quarta-feira (14), informaram as autoridades na última quinta-feira (15).

A jovem, na faixa dos 20 anos, praticava "snorkel" em uma praia do condado de Maui, que compreende as ilhas centrais do arquipélago do Havaí, no Pacífico.

"Ouvimos um grito da água e foi um grito impressionante. Nunca ouvi uma coisa assim", contou Andree Conley Capoi, que testemunhou o episódio, ao portal local MauiNow.

"Eu disse a mim mesmo: a única forma de uma pessoa gritar desse jeito é que ela esteja sendo atacada por um tubarão", acrescentou.

Em nota divulgada na quinta-feira, o condado de Maui informou a reabertura da praia Palauea, também conhecida como "White Rock", onde aconteceu o ataque. Não foram encontrados rastros do tubarão na área.

O ataque aconteceu às 16h41 (23h41 em Brasília), a 45 metros da costa. A jovem foi levada para o Centro Médico de Maui (MMMC) em condição crítica e com o braço direito amputado, informou o governo.

Dois amigos e uma pessoa que estava em um caiaque ajudaram a vítima a chegar até a praia.

O atual quadro de saúde da alemã e sua identidade não foram revelados pelas autoridades locais.

Contactada pela AFP, a porta-voz do hospital, Carol Clark, não quis dar declarações.

Segundo o noticiário local Hawaii News Now, este foi o sétimo ataque de tubarão nas águas do Havaí desde o início do ano e o quarto em Maui.



Fonte: r7