Turista é estuprada na frente do marido por oito homens na Índia

Turista é estuprada na frente do marido por oito homens na Índia

Segundo a polícia, o casal teria sido atacado em uma vila próxima a cidade de Datia

Uma gangue de oito homens é acusada de estuprar uma turista suiça de 35 anos e agredir o marido com pedaços de pau durante as férias do casal na Índia, noticiou o jornal Daily Mail. Segundo a polícia, o casal teria sido atacado em uma vila próxima a cidade de Datia, na região central do país, na noite desta sexta-feira. Esse foi o mais recente episódio em uma série de ataques sexuais violentos na Índia. Em dezembro do ano passado, uma jovem de 23 anos foi estuprada e torturada. Em janeiro, outra mulher, de 29 anos, foi estuprada por um grupo de seis homens na cidade de Amritsar.

O casal estava fazendo uma viagem de bicicleta de Orchha para Seonda e decidiu acampar próximo à vila durante a noite. Segundo o marido, que não teve o nome divulgado, o grupo primeiramente atacou o casal com pedaços de pau e, após imobilizarem o marido, estupraram sua mulher. Após o ataque, segundo a polícia, o grupo teria roubado um laptop, um telefone celular e cerca de R$ 300 dos turistas antes de fugirem. A mulher foi levada para um hospital, onde exames comprovaram o estupro. A polícia colheu depoimentos de oito pessoas ligadas ao ataque, mas ainda busca os acusados.

Enquanto era levara para exames no hospital, a mulher ainda foi obrigada a passar por um grupo de fotógrafos, ávido por uma foto da turista. A turista se escondia por baixo de uma toalha enquanto era conduzida pelo braço por duas policiais.

O ministro de Relações Exteriores da Suiça emitiu um comunicado onde classificou o episódio de "altamente perturbador", apelando para que as autoridades façam "tudo o que for possível para encontrar rapidamente os culpados para que eles possam pagar pelo ataque". Em fevereiro, o governo suíço emitiu um alerta para turistas sobre o aumento no número de estupros na Índia.

Fonte: Extra