Turistas com medo do fim do mundo se refugiam em montanha sérvia

"Não tem mais quartos vagos", disse gerente do hotel Rtanj

Uma montanha com forma de pirâmide na região sudeste da Sérvia, que segundo algumas pessoas emite ondas eletromagnéticas benéficas, foi invadida por turistas ansiosos para sobreviver ao fim do mundo anunciado para 21 de dezembro.


Turistas com medo do fim do mundo se refugiam em montanha sérvia

A região da montanha Rtanj, de 1.570 metros de altura, "não tem mais quartos vagos", afirmou à AFP Nebojsa Gajic, gerente do hotel Rtanj.

"Temos 30% a mais de turistas que nos anos anteriores", disse Gajic.

"Talvez pela história do fim do mundo, mas também por um seminário marcado para 20 de dezembro", contou o gerente.

"Muitas pessoas ligaram e suplicaram por um quarto para que pudessem sobreviver", relata.

Além dos turistas tradicionais sérvios, muitos europeus viajaram para a região.

"Nunca tivemos tantos estrangeiros nesta época do ano", afirmou Marina Zikic, secretária de Turismo de Boljevac, município onde fica Rtanj.

Zikic destacou, no entanto, que grande parte das reservas dos hotéis foi motivada pelo seminário "Espírito de Rtanj", que reúne cientistas de diferentes orientações atraídos pela insólita geografia do local.

Fonte: G1