Mulher seminua invade aeroporto e tenta agredir líder cristão russo

Com os seios à mostra e a frase "Matem Kirill" pintada nas costas, ao menos uma das feministas conseguiu chegar bem perto do religioso.

Mulheres do grupo ucraniano Femen realizaram um protesto seminu nesta quinta-feira (26) contra a chegada do líder da Igreja Russa Ortodoxa, o patriarca Kirill, à capital ucraniana, Kiev.









Com os seios à mostra e a frase "Matem Kirill" pintada nas costas, ao menos uma das feministas conseguiu chegar bem perto do religioso no aeroporto de Borispol, aparentemente para tentar agredi-lo. A manifestante foi, no entanto, impedida por seguranças e detida pela polícia.

Na véspera, o grupo já havia antecipado que protestaria contra o patriarca em uma fotografia divulgada mostrando uma das feministas com a mesma frase ("Matem Kirill") ao fundo e aparentemente encenando um gesto de estrangulamento.

Fonte: G1