Fim de ajuda: UE corta orçamento de 19 países, entre eles o Brasil

O fim da ajuda aos 19 países emergentes está contemplado no novo orçamento europeu, que prevê os gastos para os anos de 2014 a 2020

A Comissão Europeia --órgão executivo da União Europeia-- decidiu cortar em 2014 a ajuda ao desenvolvimento de 19 países emergentes, entre eles Brasil, China, Argentina, Venezuela e Colômbia, e repassá-la a países mais pobres.

"É uma evolução em nossas relações com os países emergentes e visa a ajudar os países mais pobres", afirmou o comissário europeu de desenvolvimento, Andris Piebalgs.

Apesar de a "UE deixar de dar ajuda ao desenvolvimento, continuará cooperando" com esses países, em temas como o clima, igualdade e direitos humanos, ponderou.

O fim da ajuda aos 19 países emergentes está contemplado no novo orçamento europeu, que prevê os gastos para os anos de 2014 a 2020.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br