Universidade de Harvard reabre 2 prédios após suspeita de bomba

Universidade de Harvard reabre 2 prédios após suspeita de bomba

Não houve relatos de explosões. As autoridades de Harvard e a polícia não encontraram material explosivo.

A Universidade Harvard reabriu nesta segunda-feira dois dos quatro edifícios na área central de seu centenário câmpus em Cambridge, Estado de Massachusetts, que tinham sido esvaziados mais cedo depois de informações de que explosivos tinham sido colocados na área.

A escola Ivy League informou em seu sistema de alerta online que reabriu as unidades de Thayer e Emerson para os estudantes, enquanto policiais locais, estaduais e federais continuavam as buscas nas unidades de Sever Hall e no Centro de Ciência.

Não houve relatos de explosões. As autoridades de Harvard e a polícia não encontraram material explosivo. "A informação continua sem ser confirmada e o Departamento de Polícia da Universidade Harvard não tem motivos para acreditar que haja uma ameaça a alguma outra parte do câmpus", informou a instituição em seu website.

As instituições na região de Boston estão em alerta desde o atentado de 15 de abril na maratona da cidade, no qual foram mortas três pessoas e 264 ficaram feridas. As polícias do câmpus de Harvrd, de Cambridge e do Estado de Massachusetts, incluindo um esquadrão antibombas, responderam ao chamado da universidade, onde isolaram a área ao redor dos prédios esvaziados e conduziram os estudantes para fora.

Fonte: Terra