Universidade nos EUA oferece curso sobre Lady Gaga

Universidade nos EUA oferece curso sobre Lady Gaga

Objetivo é analisar o fenômeno pop através de suas músicas e videoclipes

A Universidade de Virgínia, nos Estados Unidos, está oferecendo um curso sobre a cantora pop norte-americana Lady Gaga, informou o site "The Frisky".

Ministrado pela aluna de pós-graduação Christa Romanosky, ?GaGa for Gaga: Sex, Gender, and Identity" (ou ?GaGa para Gaga: Sexo, Gênero e Identidade", em português) vai analisar o fenômeno pop através de suas músicas e videoclipes e avaliar sua influência relacionada a temas como comportamento sexual e movimentos feministas.

No Brasil, a força da cantora também atrai o interesse de alunos e acadêmicos da área de Comunicação, que procuram explicar seu sucesso. Ela inspirou o trabalho de alunos da Faculdade de Publicidade e Propaganda da ESPM de Porto Alegre.

A estudante Carolina Kuhn e outros seis estudantes tinham como missão criar um viral para a internet incentivando o turismo na capital gaúcha. Para chegar ao resultado, reuniram duas referências, o clipe de ?Bad romance?, e a letra da música ?Porto Alegre é demais?, de Isabela Fogaça.

"Lady Gaga é o avesso da Britney Spears quando ela se lançou. A Britney apareceu como uma jovem boa moça, virgem intocada, que odiava hippies e malucos de todo gênero. Lady Gaga é o contrário: odeia normais, que odeia caretas e bem integrados. Ela é a contramão total. E acaba representando muito essa cultura de grupos da nossa época?, destaca o professor de filosofia Henrique Antoun, da Escola de Comunicação da UFRJ.

Fonte: g1, www.g1.com.br