Uruguaio resgatado dos Andes é preso provisoriamente na Argentina

Raúl Gómez se recupera após quatro meses em condições precárias.

O uruguaio Raúl Gómez Cincunegui, resgatado no último domingo nos Andes, onde ficou perdido durante quatro meses em pleno inverno, cumpre prisão provisória no hospital argentino onde está internado devido a uma solicitação de extradição do Chile, informou nesta terça-feira (10) o juiz do caso, Leopoldo Gallo.


Uruguaio resgatado dos Andes é preso provisoriamente na Argentina

"Agora ele está internado no hospital porque foi encontrado em condições de saúde bastante delicadas, mas se encontra sob a custódia da Polícia Federal", afirmou o magistrado argentino.

O juiz explicou que o Chile, que o reivindica como suposto autor de abusos sexuais a um menor, tem um prazo de 30 dias para completar os requisitos necessários para a extradição, período durante o qual Cincunegui permanecerá "detido provisoriamente" na Argentina.

O uruguaio está no hospital Rawson de San Juan, à espera de que melhore para poder ser transferido para "dependências policiais", acrescentou o juiz.

Gallo garantiu que se o Chile não completar o processo de solicitação de extradição em um mês, "será preciso libertá-lo imediatamente".

Fontes do hospital disseram que o paciente "se encontra em bom estado e mantém uma boa evolução".

Desde sua entrada "superou problemas de desidratação, melhorou o quadro de desnutrição e mantém suas funções normais, com um bom funcionamento dos órgãos, o que quer dizer que não corre grande risco de morte".

As mesmas fontes afirmaram que Cincunegui já saiu da unidade de tratamento intensivo e está em um quarto, embora permaneça isolado e sob custódia policia".

O uruguaio, que trabalhava como encanador, chegou à cidade argentina de Mendoza em abril para participar de um encontro de motoristas.

Desde então, percorreu o sul da Argentina de moto, cruzou o Chile e no dia 11 de maio se comunicou com sua esposa, a quem informou de que sua moto tinha sido danificada e que se dispunha a atravessar a pé a cordilheira.

Sua família não voltou a ter notícias dele desde então e operações de busca realizada até o último domingo haviam fracassado, quando foi descoberto pelas autoridades e resgatado de helicóptero.

Fonte: G1