Vaticano vai expor restos mortais de São Pedro pela primeira vez

Este evento excepcional irá ocorrer para celebrar o encerramento do "Ano da Fé".

Pela primeira vez, os restos venerados como os de São Pedro, primeiro apóstolo e fundador da Igreja, sairão das grutas localizadas sob a basílica vaticana para serem expostos ao público, anunciou um prelado do Vaticano.

Este evento excepcional irá ocorrer para celebrar o encerramento do "Ano da Fé", no dia 24 de novembro, na presença do papa Francisco.

Em uma coluna publicana na edição de sábado do jornal do Vaticano, o Osservatore Romano, o presidente do Conselho Pontifício para a Nova Evangelização, o arcebispo italiano Rino Fisichella, anunciou que um último gesto para coroar este ano consistirá em "expor pela primeira vez as relíquias que a tradição reconhece como as do apóstolo que deu aqui sua vida pelo Senhor".

Bento XVI lançou o "Ano da Fé" em outubro de 2012 e foram realizadas múltiplas celebrações na praça de São Pedro.

Muitos peregrinos visitaram as grutas vaticanas, localizadas sob a Basílica de São Pedro, para rezar diante do túmulo que, a princípio, abriga as relíquias do primeiro apóstolo, e dos túmulos nos quais repousam outros papas, incluindo o muito popular João Paulo II.

Fonte: AFP