Ver pornografia pode diminuir parte do cérebro

Ver pornografia pode diminuir parte do cérebro

Estudo alemão descobriu que o striatum cerebral se atrofia ao ver cenas sensuais

Espectadores assíduos de pornografia têm agora um motivo de preocupação. Um estudo alemão publicado na revista "Jama Psyquiatry" revelou que assistir a cenas pornográficas pode atrofiar partes do cérebro, deixando o órgão menos eficiente.

De acordo com pesquisadores do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano, em Berlim, homens que assistem a pornografia tendem a ter uma menor striatum, uma área do cérebro ligada a ?recompensas e motivação". O estudo também descobriu que a ligação entre o striatum e o córtex pré-frontal (parte do cérebro associada ao comportamento e à tomada de decisão) se degrada à medida que a pessoa aumenta o tempo que assiste a cenas pornográficas.

Entretanto, ninguém sabe o que veio primeiro. Embora os pesquisadores acreditem que a pornografia faz com que o cérebro encolha, também é possível que sejam justamente as pessoas com cérebros menores que são as mais atraídas por pornografia.

De qualquer forma, esse é um dos estudos que deve fazer com que muitos pensem sobre seus hábitos.

Fonte: O Globo