Vertigem? Medo? Russo se pendura em torres sem equipamentos de segurança

Fotógrafo e escalador se pendura nas maiores torres de Moscou, sem nenhuma segurança

A altura pode dar vertigem em algumas pessoas. Mas não no jovem russo Kirill Oreshkin. Ele não apenas vai ao topo, como se equilibra na beirada de enormes prédios, pontes e antenas. Fotos assustadoras o mostram pendurado apenas por uma mão a dezenas de metros do chão. As poses exigem força, concentração e muita coragem. Suas aventuras são clicadas por ele e um corajoso amigo, Mistang Wanted, e compartilhadas em uma rede de fotografias. Não há qualquer equipamento de segurança na atividade radical, apenas uma câmera e muita adrenalina.

Mas o perigo não parece incomodar Oreshkin. Nos ?selfies? radicais, ele aparece sempre calmo, como se nada demais estivesse acontecendo. Escalar os prédios mais altos do mundo sem segurança e, muitas vezes, ilegalmente, se tornou nos últimos tempos uma atividade praticada por muitos jovens. Chamados de ?rooftoppers?, os também russos Vitaliy Raskalov e Vadim Makhorov são responsáveis por fotos de tirar o fôlego, apesar de não se arriscarem tanto quanto Oreshkin. Mas atenção: vale lembrar que o risco é real e a atividade não é recomendada por autoridades.


Vertigem? Medo? Russo se pendura em torres sem equipamentos de segurança

Vertigem? Medo? Russo se pendura em torres sem equipamentos de segurança

Vertigem? Medo? Russo se pendura em torres sem equipamentos de segurança

Fonte: G1